Terça-feira, 1 de Maio de 2012

Princesa guerreira...

Num segundo caí

Como se tivesse sido alvejada

Por bala perdida sem direcção

Derrubada... sem forças...

Por um sopro que não era de luz...

 

Há seis noites que durmo

Numa cama que não é minha

Com lençóis de branco imaculado

Onde não habitam os meus sonhos

 

Mas sim...

As minhas asas estão a ganhar força

Dia após dia

Bem devagar...

 

Anjos de bata branca

Aliaram-se à minha batalha

E lutam como se fosse deles

Munidos de todas as armas que possuem

 

E eu, chamada por alguns

De princesa guerreira

Já sorrio...

 

E apesar de ainda não ver o sol

Nem a cor do céu

Já os vislumbro... já os sinto perto

E para lá esvoaço

Como se do ninho fosse sair pela primeira vez...

publicado por SRock às 22:16
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Mammy a 2 de Maio de 2012 às 21:11
Não era uma qualquer bacteria que te ia derrubar, disso nunca tive dúvidas. Foi mais uma rasteita que a vida nos pregou, mas esta já era. Gostei do que escreveste. Bj.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Luta de silêncios

. ...

. Fugiste daqui

. Não sei quem quero ser…

. Por tudo...

. O que sinto…

. Mesmo antes de acordar

. Caminho...

. Um desejo de Natal

. Sonhos…

.arquivos

. Abril 2015

. Março 2014

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

blogs SAPO

.subscrever feeds