Sábado, 12 de Maio de 2012

Uma amena tarde de Maio

Pareciam de algodão

Em forma de gomos de laranja

Ou de limão…

 

Olhava para elas

E via que o sol tentava rompê-las

 

Como eu quando tento rasgar

As cortinas de distância

Que ocupam sem piedade

O espaço entre nós dois

 

Mas as nuvens derretiam-se

Com tão quentes raios de luz ardente

Que aqueciam o areal onde me deitava

 

Ao longe as ondas enrolavam-se

Na música que vinha do bar

E eu estava no meio deste embalo

 

Imagens de nós dois dançavam

Nos meus olhos fechados

 

Quase que sentia o teu cheiro

A esvoaçar à minha volta

Na brisa que me varria a pele

Como plumas macias

Feitas do mesmo molde dos teus dedos

 

E numa amena tarde de Maio

Foi assim que encurtei

Caminhos sinuosos

Que te deixam longe

Da minha praia…

publicado por SRock às 23:57
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Luta de silêncios

. ...

. Fugiste daqui

. Não sei quem quero ser…

. Por tudo...

. O que sinto…

. Mesmo antes de acordar

. Caminho...

. Um desejo de Natal

. Sonhos…

.arquivos

. Abril 2015

. Março 2014

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

blogs SAPO

.subscrever feeds