Terça-feira, 29 de Novembro de 2011

Inesperadamente

Quando menos estamos à espera

Acontecem-nos as melhores coisas da vida

Às vezes também as piores se atrevem a espreitar

E a assombrar-nos de forma repentina

Sem aviso prévio, sem pedir licença para entrar

Mas falo agora de algo que me deixou realmente feliz

 

Quando menos esperava

Encontrei-o no Face Book

Fiquei na dúvida…

Seria mesmo ele?

23 anos é muito tempo…

As pessoas mudam

Ficam com mais rugas

Mudam o corte do cabelo

Mudam de estilo de roupa…

 

Mas há coisas que não mudam

O sorriso não muda

A profundidade do olhar também não

Era mesmo ele…

 

Trocaram-se algumas mensagens

Marcou-se um almoço

 

Sónia Roque?

Aquela voz entrou no meu ouvido

Vinda num bafo quente e suave

 

Kiko?

Nos segundos que se seguiram

O mundo parou de girar

E num abraço apertado

Esmagaram-se longos anos de ausência

 

Tanto tempo deslizara no meio de nós dois

Como um rio que flui entre duas margens

Que não se tocam

 

Mas não havia constrangimento

Nem pausas entre as frases

Nem desvios de olhar

 

Havia sinceridade nas palavras que se soltavam

Havia prazer na partilha de histórias

Havia brilho nos olhos

No relato de momentos passados

 

Que bom ter-te reencontrado Kiko!

Vieste dar cor e magia à minha vida

Salpicar com flores perfumadas

A minha estrada de terra batida e sem cheiro

 

Inesperadamente...

 

Foi assim que nos encontrámos

Foi assim que percebemos

Que vibramos na mesma onda de energia

Que o tempo não destrói amizades

 

Valeu a pena 

Voltarmo-nos  a cruzar

 

Inesperadamente…

publicado por SRock às 08:58
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Mamy a 17 de Dezembro de 2011 às 20:42
É sempre bom rever um amigo, e então quando a "hora" é de fragilidade... ainda nos enche mais. Foi na hora certa.
Bj. :D

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Luta de silêncios

. ...

. Fugiste daqui

. Não sei quem quero ser…

. Por tudo...

. O que sinto…

. Mesmo antes de acordar

. Caminho...

. Um desejo de Natal

. Sonhos…

.arquivos

. Abril 2015

. Março 2014

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

blogs SAPO

.subscrever feeds