Sábado, 3 de Dezembro de 2011

Acabei o meu livro

 

Não pensei que conseguisse…

Havia dias que parecia muito fácil

Seguidos de semanas de bloqueio total

 

Ao longo de oito meses foi assim

Impulsos, fúrias de escrever

Paragens, incapacidade total

 

Muitas folhas estão manchadas

De lágrimas que afogaram letras

Em muitas outras se conseguem ouvir

Risos que ficaram gravados no papel

E ecoam a cada virar de página

 

Momentos únicos e reais…

Vividos como se não houvesse amanhã!

Emoções fortes

Arrepios de gelo

Arrepios de fogo

Grãos de areia dourados

Grãos de areia negros…

 

Em 222 páginas é relatada

A história de duas ‘borboletas’

Que voavam livremente

Até ‘alguém’ tocar as asas duma delas

 

O final do livro

Chegou-me num sopro ao ouvido

Vindo de longe…

Um sopro que atravessou

Diferentes dimensões de luz

E que tornou possível este livro

 

Do outro pedaço de mim

Veio a inspiração para deixar

Perpetuado no tempo

‘Um Pedaço de Nós’

publicado por SRock às 18:39
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 7 de Dezembro de 2011 às 22:05
Eu quero muito muito ler o livro. :)
Beijinhos de uma pessoa muito próxima de ti ;)
De micá a 16 de Dezembro de 2011 às 23:12
Nunca mais chega o tão desejado dia em que poderei ler "Um pedaço de nós". Só o título arrepia e este poema também...
Bj

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Luta de silêncios

. ...

. Fugiste daqui

. Não sei quem quero ser…

. Por tudo...

. O que sinto…

. Mesmo antes de acordar

. Caminho...

. Um desejo de Natal

. Sonhos…

.arquivos

. Abril 2015

. Março 2014

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

blogs SAPO

.subscrever feeds