Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2011

Porque o tempo não espera

Será que vale a pena

Continuar a remar para ali

Quando a corrente me arrasta para o outro lado?

 

Vale a pena correr contra o vento?

Vale a pena ir para lá

Quando todos vêm para cá?

 

Já não sei nada…

Às vezes apetece-me deixar ir

Mas dizem que não devo…

Devo lutar

Devo ser forte

 

Alguém sabe o que é ser forte?

Então que me diga por favor

Porque eu não sei

 

É fingir que nada se passou?

É isso?

É continuar a sorrir?

Mesmo quando a vontade é de chorar?

 

Se é isso…

Consigo às vezes

Só às vezes…

 

Depois, quando fico sozinha

E deixo cair a máscara

Está lá tudo…

Estão lá as lágrimas que não secam

Está a dor que toda a gente diz

Que o tempo apaga

 

O tempo não apaga nada…

Garanto que não…

 

E não há nada que consiga disfarçar

Uma alma que grita em silêncio

Cujo som é abafado pelas rotinas

Que não esperam…

 

Que obrigam a erguer a cabeça…

Tudo forçado…

Porque o tempo não espera…

publicado por SRock às 08:58
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De micá a 16 de Dezembro de 2011 às 22:41
já te disseram o que eu vou dizer: gostei muito, mesmo muito, tens o teu lado poético bem patente naquilo que escreves, mas.... e há sempre um mas, demonstras uma amargura muito grande nas tuas palavras, o que não é de admirar. Bj
De PG a 23 de Dezembro de 2011 às 13:35
Minha querida já não sei o que te diga... os teus poemas são lindos transformas as palavras em voz que gritam ao vento toda a tua dor...
Como te dar força se não sei como ....
É uma dor que por mais que queira partilhar contigo não posso evitar que a sintas ou fazer desaparecer toda essa amargura....
Os teu poemas são lindos e tenho muito orgulho na mulher que és ...
Beijo

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Luta de silêncios

. ...

. Fugiste daqui

. Não sei quem quero ser…

. Por tudo...

. O que sinto…

. Mesmo antes de acordar

. Caminho...

. Um desejo de Natal

. Sonhos…

.arquivos

. Abril 2015

. Março 2014

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

blogs SAPO

.subscrever feeds