Sexta-feira, 24 de Abril de 2015

Luta de silêncios

Foi um embate de olhares, bruto e surdo,

Que lançou uma teia

E enjaulou a dança do tempo atando-a!

Pulsos e tornozelos…

Impedindo-os de se precipitarem num abismo sem fundo…

De desejos nunca antes pronunciados

E calados na secura de gargantas com nós…

Não fosse o eco das suas vozes quebrar a fina camada de luz que os separava…

A imagem dela reflectia-se no fundo dumas pupilas contornadas de verde esmeralda translúcido

E atravessavam-na de um lado a outro sem pedir licença para passar.

Lutavam quietos na esperança que um sopro rasgasse a calma fúria que lhes corria nas veias,

Envoltos apenas em fragmentos desfeitos e sem cor

De imagens com que não tinham sonhado,

E assim ficaram por outras três horas.

E depois esgotou-se a força que os segurava.

Soltaram-se as amarras e os sentimentos antes camuflados, 

Como um barco de velas colhendo ventos e sugando ares.

E esqueceram-se do resto…

Despidos de filtros e sem rodeios…

 

publicado por SRock às 10:49
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Aquele que escuta a 27 de Abril de 2015 às 21:37
Bravo,

Bem vinda de volta, para nos alimentares a alma e nos deixares sonhar ao sabor da tua escrita, ora enigmática, ora tão familiar.

De Aquele que escuta a 25 de Abril de 2016 às 18:41
still... the sounds of silence!!!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Luta de silêncios

. ...

. Fugiste daqui

. Não sei quem quero ser…

. Por tudo...

. O que sinto…

. Mesmo antes de acordar

. Caminho...

. Um desejo de Natal

. Sonhos…

.arquivos

. Abril 2015

. Março 2014

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

blogs SAPO

.subscrever feeds